Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÁGOAS



É pequena a luz da lanterna
Mas ela nem sempre é achada
No fim do poço
É pequena a escuridão
E ela só é encontrada
Quando é perdida a razão

Me deixem viver
Me matem em paz

De tudo que repito
Não repetirei mais
De tudo que esqueço
Só há uma rouquidão
E eu evitei agora a pouco a prosa
Para me matar em mais um poema

Me chame de covarde
Me chame de preguiçoso

Eu não ligo
Sou o dono do Fã Clube Freud Flintstone
E sei com vocês quando chorar
E quando secar as lágrimas
Sei quando respirar
E deixar a vida ir embora em paz


Leonardo Daniel
29/11/2015
A CRUZ E A ESPADA
Leonardo Daniel
Enviado por Leonardo Daniel em 22/05/2020
Código do texto: T6955350
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Leonardo Daniel
Inhumas - Goiás - Brasil, 41 anos
647 textos (4728 leituras)
3 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 23:44)
Leonardo Daniel

Site do Escritor