Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DORES D'ALMA!

Dilaceracoes na alma sinto...
Dá-me morfina, dá-me absinto!
Meu coração é sino tristonho...
Abandonado na torre do sonho!

Meu olhar é bruma na noite fria...
Viola triste, entoa triste melodia!
Sob o vasto céu ecoa um lamento...
O corpo surrado pelo forte vento!

São chagas invisíveis a corroer...
Clamo aos céus pra me socorrer!
Ressoa o eco da minha própria voz...
Então a dor se torna mais atroz!

Assim eu sigo o que está escrito?...
Será que um deus sabe que existo?!
E todas as almas que vagam como eu?...
Respostas... quem as tinha já morreu!
 
BARBOZAMARCO
Enviado por BARBOZAMARCO em 20/03/2020
Reeditado em 20/03/2020
Código do texto: T6892048
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
BARBOZAMARCO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
833 textos (45331 leituras)
1 áudios (385 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/12/20 02:00)
BARBOZAMARCO