Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE SEJA ASSIM...

Que seja o fim como fora o começo
Tão inesperado e tão sem motivo
Uma troca de olhares com apreço
E o meu coração se tornou cativo

Que seja o fim assim tão surreal
Como o prisioneiro de alcatraz
Que seja assim simples e natural
Um sonho lindo que deixei pra traz

Amor que não deve ser alimentado
Pois do próprio amor ele se alimenta
Ficará n'alma teu amor intocado
Como o próprio ar que à  vida sustenta

Que sejamos a memória dos dias
E tantas noites sem amanhecer
Ventos do Sul em noites tão vazias
Aurora boreal sobre o meu viver

Que seja assim sem um último olhar
Que fique na memória o olhar primeiro
Perdoa mas não me verás chorar
Chove nestes versos de amor derradeiro.

BARBOZAMARCO
Enviado por BARBOZAMARCO em 10/08/2019
Reeditado em 10/08/2019
Código do texto: T6716835
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
BARBOZAMARCO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
833 textos (45636 leituras)
1 áudios (402 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/01/21 01:06)
BARBOZAMARCO