Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Devaneio
 
Alguém bateu timidamente na porta
Arrumei rapidamente o cabelo e abri
Seria  um delírio ele de camisa  azul
Antes  que eu falasse qualquer coisa
Ele proferiu que necessitava me ver

Estava bem calmo e sem bagagem
Eu  não  soube  reagir, nada disse
Ele  ali,  parado em minha frente
Tão  bonito, sentia  seu  perfume

Ele  sentou-se e me pediu  algo
Que  o  deixasse olhar pra mim
Só um pouco, depois ia embora

Eu  vi em seus olhos tanto amor
Eu  não contive minhas lágrimas
Ele chorando e olhando pra mim
Disse que não era pra ser assim

Eu não me recordo o que houve
Sei que depois pedi a um colega
Que  o  levasse  até  a   capital
Enquanto  eu   pedia  a  carona
Ele  brincava com um cachorro
Não  despedi,  acordei  antes...


Imagem do Google
MAOM (Maria Aparecida)
Enviado por MAOM (Maria Aparecida) em 16/04/2020
Reeditado em 16/04/2020
Código do texto: T6918958
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
MAOM (Maria Aparecida)
Uruaçu - Goiás - Brasil, 42 anos
219 textos (20996 leituras)
1 áudios (26 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 14:29)
MAOM  (Maria Aparecida)