Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nuances - A dualidade do ser - LXI

Algo bate à porta,
mas o homem
dorme abraçado no
seu céu de ilusões,

algo bate à porta,
mas o homem está
em seus sonhos
perdido no seu
castelo sem chão,

algo bate à porta,
mas o homem
está perdido no
seu universo
desconhecido,

algo bate à porta,
mas o homem não
conhece seu próprio
ser,

algo bate a porta,
mas o sono é
tão profundo;

algo bate a porta,
mas o homem
desconhece seu
estado de latência;

sonâmbulo o homem
anda,
abre as porta de seus
abismos,
abre as portas de
seus infernos,
abre as portas de
sua não aceitação;

lamentável homem:
não sabe abrir as
portas de si mesmo!
Luz de Cristal
Enviado por Luz de Cristal em 17/09/2019
Reeditado em 17/09/2019
Código do texto: T6747401
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luz de Cristal
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
2755 textos (72030 leituras)
1 e-livros (230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 20:13)
Luz de Cristal