Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hidromel

Bom dia!
Nossa Deusa por
perto alivia.

A ponte que vai, que
sinta a endorfina,
da qual queima vida,
ferida, abrindo caminhos
para nicotina.

Abram todas as cortinas!
Não haverá mais mentiras!

Um portal, um poeta,
ao doce hidromel;
Cansaço anormal, desabafo
na própria falta, nossa
Senhora Destino de meu final.

Mas hey! Não me entenda mal.
Sou bicho feito a gente;
imundo, parece mais
vírus de nosso Mundo.

Traga uma daquelas doses.
Fazemos o que pode.
E m0 o amor não existe posse.

Allan Christian/Faunno
UmTragoFilosófico
Faunno
Enviado por Faunno em 17/08/2019
Código do texto: T6722137
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Faunno
Goiânia - Goiás - Brasil, 23 anos
66 textos (374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 12:03)
Faunno