Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos da menina

E a noite cansou o olhar da menina
Que esqueceu  até da  própria rima
E o sonho  resolveu  então convidar
E  querendo, se  deixou assim, levar

A  poesia, sem  querer,  adormeceu
Deixou o verso descansar um pouco
Esperando dia que ainda não nasceu
Ouviu  uma coruja  cantando no toco

A Lua no céu passeava entre brumas
E as estrelas brilhavam, vez ou outra
E ansiosas para que a escuridão suma
Queriam ver o mar, as ondas e a ostra

Queriam ouvir canto das belas sereias
Aquelas que  prendiam os marinheiros
Puniam com  morte, inércia  nas areias
E nessa mistura de sonhos aventureiros

A menina  sonhava, mesmo  sem querer
E um sorriso leve, dos lábios desprendia
Assim vida passava da noite ao alvorecer
No fim se perdia, entre realidade e poesia.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 24/07/2016
Código do texto: T5707957
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 49 anos
1464 textos (46245 leituras)
4 áudios (236 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 18:30)
Meri Viero