Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECANTO SEM LETRAS

RECANTO SEM LETRAS

Ontem estava eu navegando
Em busca de alguém. Conheci
Mil pessoas me lembrando
De quantas poderiam estar
No site de escribas e poetas
Não encontrei nenhuma vida
Conhecida que revelasse
Emoções e sentimentos em
Traduzidas palavras a dizer
De suas vivências afetos
Estimas afinidades do ter
Vivido, sentido, amado
Desamado, sujeitar, querer
Mas minha guitarra chorou
Inutilmente sobre memórias
E canções que não entoaram
Em corações ocultados atrás
De medonhos pesares, lesões
Que nunca terminaram em
Perdão, dimensão do desamor
Fora talvez mais forte a mania
Mania de simpatia pelo negar
Um gesto simples traduzido
Em abraço, afeto, frase, verbo
Estima ou gostar. Será que ñ
Conheci ninguém que fosse
Ou quisesse ser gente. Gente
Como a gente que planta
Sementes de emoções que vão
Talvez hão de por certo vicejar.
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 23/12/2020
Código do texto: T7142166
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Decio Goodnews
São Paulo - São Paulo - Brasil
2341 textos (517747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 18:37)

Site do Escritor