Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORMIGUINAS VALENTES

Lá vão elas
Tão singelas
No caminho delas
Tão tagarelas.

Tão pequeninas!
Tão franzinas!
Parecem indefesas!
E o tamanho das suas mesas?

Fujam iludidas meninas
Dessas franzinas,
Pois suas mordidas
Provocam feridas.

Olhem a força delas:
Folhas maiores que elas,
Mais pesadas que elas,
Nos ombros delas!

Formiguinhas falantes,
Fortes como elefantes,
Valentes como gigantes,
Trabalham mais que gentes.
Ismeraldo Pereira
Enviado por Ismeraldo Pereira em 24/03/2019
Reeditado em 24/03/2019
Código do texto: T6606438
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ismeraldo Pereira
Ilhéus - Bahia - Brasil
66 textos (1813 leituras)
23 áudios (606 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 16:14)
Ismeraldo Pereira

Site do Escritor