Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ísis e a alegria da cinerária

Na janela da casa da menininha Ísis,
havia um lindo vasinho de florzinhas.

Estas tinham miolos amarelinhos,
e  delicadas pétalas na cor violeta.

Ela todo dia as regava,
pois sem água a florzinha,
muito triste ficava.

Dava até dó de ver,
suas folhinhas tão caídinhas,
e voltadas para o chão murchinhas.
Era de partir o coração!

Ísis ficava sensibilizada e a aguava,
e também com ela conversava.

- Florzinha, não fiques triste.
- Aqui estou para te cuidar.
E a florzinha parecia até entender,
e alegre ficar.

Num dia muito corrido,
Ísis tinha de estudar,
fazer vários exercícios,
para poder na prova passar.
 Acabou esquecendo-se da plantinha regar.

Pobrezinha!
Ficou ali tão desolada,
sentindo-se abandonada,
por sua amiga amada!

Mas de repente,
como que por encanto,
uma formosa fadinha azul apareceu,
e com a florzinha foi falar.

A plantinha chorava,
tão sofrida e dolorosamente,
que a fadinha ficou comovida.

- Não chores amiguinha. - dizia a fadinha.
- Estou aqui para te ajudar.
- Minha amiga me esqueceu. - dizia a cinerária.
- Buá, buá, buá!
- Calma, você não ficará mais mais solitária,
minha doce cinerária. - diz a fadinha.

E a fadinha jogou um lindo arco-íris de energia curativa,
por sobre a plantinha,
que lentamente começou a reagir.

- Agora aguenta mais um pouquinho,
você irá melhorar. - diz a fadinha.
E devagarzinho, devagarzinho,
ela foi se recuperando,
até as folhinhas e flores em pé ficarem.

Ísis que estava tão distraída,
finalmente se lembrou,
de sua flor adorada,
e correndo foi molhar.

- Meu Deus! - diz ela.
- Eu quase deixei você morrer.
- Perdoa-me querida.
- Isso não mais irá ocorrer.

E quando as gotinhas de água nela caíram,
esta até sorriu,
fazendo um gesto com a folhinha,
como se quisesse a menininha,
agradecer seu carinho e a tocar.

A fadinha azul contente tudo observou,
e resolveu não interferir,
sabia que podia em Ísis confiar,
mas se precisasse  dela era só chamar.

A plantinha aliviada ficou,
sentindo não estar mais abandonada,
e  sendo muito mais amada.

Que chique!
Até um belo vaso novinho ganhou,
como prova de amizade e gratidão de Ísis,
que mimou seu coração!

Kunti





















kunti
Enviado por kunti em 14/08/2013
Reeditado em 23/10/2015
Código do texto: T4433651
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
kunti
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1108 textos (49616 leituras)
19 áudios (461 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 19:20)
kunti