Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O gatinho branquinho


Esticado no murinho,
dormindo alongadinho,
estou eu,
o preguiçoso gatinho branquinho.


Se um barulhinho você fizer,
eu posso até olhar,
porém não por muito tempo,
pois meu soninho está,
a me embalar.


Sonho entre minhas aventuras,
que um inseto vou pegar.


Quando acordo todo formoso,
meu corpinho vou alongar.

Despertei e agora o que fazer?

Acho que no telhado vou saltar.

Viro o pescoçinho assustado,
quando ouço um barulho muito forte,
mas não é tão importante,
puxa, como tenho sorte!

Desvio do bravo cão,
sai correndo ligeiro,
mas não se preocupe,
pois o perigo é meu parceiro.


O leitinho é uma refeição que me atraí,
e ao tomá-lo sinto-me como um leão poderoso!

Hum, como é gostoso!

Ainda sou pequeno e indefeso,
e a curiosidade me atraí,
tudo o que está ao meu redor me distrai.


Bem, se não tenho mais nada para fazer,
retorno ao meu delicioso soninho,
pois como todo filhote,
dormir para mim é um carinho.



Kunti



Texto integrante do livro jardim das poesias e contos infantis, publicado pela Editora Mago de Oz em 2016 na 24ª Bienal de São Paulo


Gostou desta poesia?
Adquira seu exemplar com estas e muitas outras mais, clicando em contato em minha página.
Frete grátis para a cidade de São Paulo



 
kunti
Enviado por kunti em 25/04/2010
Reeditado em 18/04/2018
Código do texto: T2219344
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
kunti
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
1014 textos (43969 leituras)
18 áudios (400 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 02:44)
kunti