Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Mestre!

Mestre, eu não mereço a tua paz
Mestre, eu não mereço a tua unção
Mestre, és meu Deus e Pai
Mestre, toca no meu coração
Mestre, não mereço, não mereço ...
Mas, teu sangue pagou esse preço.
Por isso, minha insistência
De alcançar tua magnífica potência.
Mestre... oh, Mestre! Uma coisa
A ti peço, é que não me deixes
Morrer antes de ser afoita
À minha rede para apanhar peixes!
Ministério_Poético
Enviado por Ministério_Poético em 05/10/2019
Código do texto: T6762108
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.ministeriopoetico.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ministério_Poético
Campina Grande - Paraíba - Brasil
1811 textos (23428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 09:51)
Ministério_Poético