Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A BALANÇA DA GRAÇA

Graça maravilhosa de graça,
que nos é concedida.
Misericórdia e bondade infindas,
suas mãos para nós estendidas.
Mas que não nos confundamos:
Deus não é tão Pai que não nos puna
Deus não é tão Juiz que não nos perdoe
O cetro do Amor e da Justiça
está em sua mão.
Ele que conhece o secreto e o profundo;
e todos os segredos do coração.
O que o homem semear isso ele colherá
Você não é tão salvo
que sua iniquidade Ele vá suportar.
Você não é tão pecador
que o sangue não o pode lavar.
Nesta balança,
fora da graça,
a outra ponta
é uma (des)graça.
No favor da graça,
Só o coração arrependido irá participar.




  GRAÇA                       (DES)GRAÇA       
 |— — — |                   |— — — — — —|

       |                                                             l  
       |                                            l
       |                                                             l
       |                                                             |
       |                                                             |
       _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 
JESE FERREIRA poesias
Enviado por JESE FERREIRA poesias em 29/06/2019
Código do texto: T6684243
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria do poeta brasileiro cristão Jese Ferreira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JESE FERREIRA poesias
Bebedouro - São Paulo - Brasil, 38 anos
153 textos (4953 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 12:54)
JESE FERREIRA poesias