Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



- Potestades

Lutei, ó Paizinho, mas!
A ti, digo: Sim!
Preciso da tua paz,
Preciso do meu fim.

Pensar que te ganharia,
Foi um grande erro.
Assina com tua poesia
Esse meu novo credo.

Mostra o quão necessito
Da tua verdade e vontade
Eternizados em Cristo.
Nele, pois, há tua bondade!

Livra-me do murmúrio,
Da rebeldia e da ira
Que pairam como um rio
Nesta alma que aspira ...

Sim, é a minha vontade
Que quero ver feita.
Mas! Nego essa potestade,
E assumo à que é perfeita.

Ministério_Poético
Enviado por Ministério_Poético em 27/06/2019
Código do texto: T6683298
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.ThiaguinhoPoetico.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ministério_Poético
Campina Grande - Paraíba - Brasil
1772 textos (22483 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 23:02)
Ministério_Poético

Site do Escritor