Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REMORSO

Sebastião Gomes
 
Eu vi quando chegavas, maltrapilho,
Triste o semblante, o olhar sem brilho,
            Querias me falar...
Mal pude ouvir a tua tênue voz
Ali no trânsito cruel, veloz
            Parei pra te escutar.

Humildemente te achegaste a mim
E, com ternura, me falaste assim
            Com jeito de chorar...
Pediste uma esmola, um dinheiro!
Estavasa tão cansado! O dia inteiro
             Andaste a mendigar.

Cruel, a minha ajuda te neguei,
Diszendo que não tinha, que gastei
             O pouco que tivera.
Cobriu-te logo o negro pó da estrada.
             Que estava a tua espera...

Porém, meu coração ficou pesado,
Por ter a minha ajuda te negado
           Na hora em que te vi.
Perdoa-me, Senhor, porque fui cego.
E agora este remorso eu carrego:
           Não Te reconheci!




S G OLIVEIRA
Enviado por S G OLIVEIRA em 16/07/2011
Reeditado em 16/07/2011
Código do texto: T3099810

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
S G OLIVEIRA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 83 anos
3 textos (118 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/10/19 20:47)