Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMAS ANDANTES


ALMAS ANDANTES

Almas que perambulam pelas estradas,
Em corpos de gentes que não conheço;
São de outros tempos, outras jornadas,
São de outros ventos, outros começos.

Umas são alegres, descontraídas,
Outras sisudas, almas caladas;
Gentes estranhas e distraídas,
Andando em noites e madrugadas.

São de outros corpos, outros astrais,
Não nos pertencem, ano são daqui;
Almas estranhas, buscando paz,
Almas que sofrem, eu já sofri.

Também, sou alma num outro tempo,
Aqui perdido, e inseguro;
Mas sei que sou, na paz dos ventos,
Um jovem pássaro rumo ao futuro.

*J.L.BORGES



Jorge Luis Borges
Enviado por Jorge Luis Borges em 09/02/2019
Código do texto: T6571075
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Luis Borges
Guaíba - Rio Grande do Sul - Brasil
264 textos (1571 leituras)
4 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/19 18:42)
Jorge Luis Borges