Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
QUANDO DE MIM FUGIU A LUA

Eu a vi de mim esvaecer, preguiçosa
Ao cruzar o meu olhar vago e nevoso
Bocejos sobre min'alma conflituosa
Tecidos num céu lúgubre, asqueroso.

De mim fugias sem restar a dúvida:
-- Menina sem paz -- logo, mais dores!
Li seus lábios envolta a penumbra 
Vivendo a noite e seus tons incolores.

Não era cheia, tampouco reluzente
E embora o inverno roubasse a culpa
Sei, no fundo, que apagaste por mim...

Ao cair na astúcia do meu eu deprimente
Foi-se tão pálida aquela minguante lua
E assim a sepultei no meu soturno jardim.

- Francielly Fernandes
- 29/06/2020
Francielly Fernandes
Enviado por Francielly Fernandes em 29/06/2020
Reeditado em 29/06/2020
Código do texto: T6991715
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Francielly Fernandes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
171 textos (8646 leituras)
10 áudios (444 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 11:34)
Francielly Fernandes