Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O espelho da alma



Eu me vi
Distante
Longe de tudo que eu sonhei para mim
Eu me vi doente
Sem casa
Sem amor
Sem amigos
Sem lar
Me vi prostrado numa cama dura
Vendo a escuridão me chamar
Eu me vi
Tão pequeno
Fraco
Perdido
Vi minhas lágrimas brotarem
E depois secarem
Deixando na boca um gosto amargo de dor não curada
Eu me vi sangrar em meio a solidão de dias tristes e vazios
Meu corpo gritar de fome
Minha carne apodrecendo numa cama que nem minha é
Eu me vi
E mesmo sentindo toda a miséria dessa dor miserável
Chorando o abandono
Torcendo para chorar
Para ver se a angústia pare de sufocar
Mesmo assim
Eu não me reconheço nisso que me tornei
E em meio aos suspiros de dor
Desejei que tudo isso fosse apenas um pesadelo
Que ainda houvesse sonho para sonhar
Esperança para acreditar
Algo mais do que apenas desejar morrer para não mais sofrer.
Marcos Welber
Enviado por Marcos Welber em 11/11/2019
Código do texto: T6791985
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Welber
Cássia - Minas Gerais - Brasil, 39 anos
1107 textos (95971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 02:30)
Marcos Welber