Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"UM BRINDE AO PRANTO"

Solidão insiste em não deixar
Felicidade desabrochar
Estrelas voltam a se apagar
Já não querem brilhar

Brinde ao pranto
A taça, o gosto da decepção
Chora entristecido o coração
Sentindo o sabor da deserção

Um brinde ao pranto
Saudade recordação
Peito enlutado, escuridão
Lagrimas da ilusão

A taça, o gosto da saudade
Que maltrata e judia
Povoa a alma ao coração invade
Dolorosa agonia
Poeta do Nordeste
Enviado por Poeta do Nordeste em 09/11/2019
Reeditado em 10/11/2019
Código do texto: T6791065
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta do Nordeste
Taboão da Serra - São Paulo - Brasil, 63 anos
329 textos (4077 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 15:21)
Poeta do Nordeste