Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESFECHO



havia
um silêncio sepulcral
naquelas pálpebras caídas
saídas das sombras cinzas
que os olhos num lamento azul
mareavam

um silêncio de corpo velado
dormia
e flutuava páginas rasgadas
do tempo varrido
vento a vento
nas ruas da lembrança

um poço
um osso

dois corpos nus desacordados
de madrugadas interrompidas
recolhidas num balde amassado
pingo a pingo
espelhadas em líquidas rotinas

dois cães uivantes lunares
de noites ósseas desescurecidas
desenterradas das endurecidas terras
pó a pó
rodopiando pensamentos toscos

a lágrima de uma vida inteira
cai

Mírian Cerqueira Leite
Mileite
Enviado por Mileite em 26/10/2019
Código do texto: T6779814
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mileite
São Paulo - São Paulo - Brasil
287 textos (3528 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/19 18:40)