Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caos Harmonioso

Noite duvidosa, sem aromas
Em harmonia com o caos
Debruçado sobre a dor
Ele derramou lágrimas no copo
Seu choro salgou a vodca
O balcão era agora o seu amigo
O garçom era o padre
E sua tristeza era Religião
Amém: Desce pela garganta
Sua alma arde e ele sorri
Deixa sua gorjeta na sanidade
E parte arrastando-se pela cidade

(Guilherme Henrique)
PássaroAzul
Enviado por PássaroAzul em 06/09/2019
Código do texto: T6739082
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PássaroAzul
Itajubá - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
154 textos (6642 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/10/19 14:57)
PássaroAzul