Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXE-ME IR

Deixe-me ir agora
Não quero ter que implorar.
Ajoelhar aos seus pés
Fazer cenas e até chorar.

Deixe-me ir sem brigas
Não posso ficar mais mentindo.
Acabou tudo o que eu sentia
Se ficar estarei fingindo.

Deixe-me ir por favor
Não existe mais nada entre nós.
Estamos apenas sofrendo
Com medo de ficarmos sós.

Deixe-me ir viver
Aqui aos poucos estou morrendo.
Não posso ficar assistindo
você com isso sofrendo.

Deixe-me ir e pensar
Que estou fazendo a coisa certa.
Olhe não chore, estou indo,
Não deixarei a porta aberta.

_____Nillo costa
@poetadobalcao

poetadobalcao
Enviado por poetadobalcao em 06/09/2019
Código do texto: T6738990
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poetadobalcao
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
1770 textos (18671 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/19 02:29)
poetadobalcao