Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

S

Sigo de Soslaio
Esgueirando-me pelas beiras
Sucinta minha sina sangra
Feito caule de Seringueira

Sonhos sopram sinais tristes
Sinuosas nuances de dor
Em meu cenho surgem sulcos
Sintomas cínicos do amargor

Sob o céu cinza das cinco
Sacrifícios solenes e circunspectos
Sou eu sanguinário ceifando...
As sombras sórdidas do meu intelecto

É de noite que eu sinto falta
Das notas mais altas, e dos tons da cor
Que emanavam nas horas mais calmas
Madrugada adentro, num louco torpor
Que meus dedos percorrem caminhos
Desejos mesquinhos me fazem tremer
Que a garrafa vazia reflete
O que com seu conteúdo
Eu tentei esquecer.
Michael Thomaz
Enviado por Michael Thomaz em 17/08/2019
Reeditado em 08/09/2019
Código do texto: T6722130
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Michael Thomaz
Curitiba - Paraná - Brasil
27 textos (359 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 15:49)
Michael Thomaz