Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imperfeições

Secou o pranto, e sem  choro e nem vela
Sem cheiro de flor, margeando  a matéria
E o desfile mais belo não há na passarela
No sangue que já não pulsa nessa artéria

Secou as lágrimas, e a  menina não chora
Quieta num canto, não conta mais história
Não vê a beleza  que a poesia, feito a flora
Ao colorir o mundo permanece, memória...

Impregnando cores nas aquarelas da vida
E os versos  desenhando instantes na tela
São as imperfeições de  uma alma sofrida
Que um dia versou o amor em linhas belas.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 14/05/2019
Código do texto: T6646852
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1376 textos (42659 leituras)
2 áudios (111 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 20:26)
Meri Viero