Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imperfeições

Secou o pranto, e sem  choro e nem vela
Sem cheiro de flor, margeando  a matéria
E o desfile mais belo não há na passarela
No sangue que já não pulsa nessa artéria

Secou as lágrimas, e a  menina não chora
Quieta num canto, não conta mais história
Não vê a beleza  que a poesia, feito a flora
Ao colorir o mundo permanece, memória...

Impregnando cores nas aquarelas da vida
E os versos  desenhando instantes na tela
São as imperfeições de  uma alma sofrida
Que um dia versou o amor em linhas belas.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 14/05/2019
Código do texto: T6646852
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 49 anos
1468 textos (46030 leituras)
3 áudios (172 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 15:54)
Meri Viero