Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prisioneiro da frustração.

Dentro do meu ser
Existem sentimentos
Que estão guardados
E não posso abandonalos

Não posso me conter
Aos impulsos da carne
Pois tenho desejos
Que explodem no meu coração

Mesmo que meu corpo
Me transforme em vítima
As algemas do meu sentimento
Seguram-me na minha realidade


Sou melancólico
Tenho medo
Cometo erros
Nessa vaidade infernal

Nao sou forte o sulficiente
Para enganar a estas
Percepções negativas
Dentro da minha alma

Me torno um erratico
Que desconhece a solidão
E não posso me impedir,
Segurado nas dores do futuro
Meu fruto proibido
Profetizará, sonho em realidade.

E todos meus anceios
Na escuridão
Onde fiz meu juramento
De devoção se perderam
E um dia todos saberão
Que meu mundo
Foi um fracasso
Feito apenas por mim...
Á alma é barata
Enviado por Á alma é barata em 13/01/2010
Código do texto: T2026591

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Á alma é barata
Suzano - São Paulo - Brasil, 33 anos
162 textos (4880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 03:18)
Á alma é barata