Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Triste, mais ou menos, feliz.†

Perdi, o meu dia
Nada conquistei
Sem um sorriso, eu ri
Amigos disperdicei
Simulo ser como eles
Não tenho um dom, abençoado
Sou um grande, fracassado
Por que escrever trocadilhos ruins
Minhas opniões, não são consumidas
Estou tão mal com tudo isso
Tome pegue o cartão, do meu enterro
Estaria eu, lá em baixo para baixo da escuridão
Se não estivesse aqui, nessa super lotação
Quando você começa a cansar, fica fraco
Viajar, por um tubo sem fim sem dor
Já me curti, já me abusei, sem me importar
Mais assim como as estações
Tudo um dia se vai embora
Amigos os vinhos a vida
Alcançe, as estrelas
Venda suas rimas
À alma é barata
Seja, feliz
No amor
Agora
E viva
Á alma é barata
Enviado por Á alma é barata em 04/12/2009
Reeditado em 16/12/2009
Código do texto: T1959308

Comentários

Sobre o autor
Á alma é barata
Suzano - São Paulo - Brasil, 33 anos
162 textos (4880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/20 05:49)
Á alma é barata