Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Fado Nasceu Num Veleiro

O Fado Nasceu Num Veleiro           (89)
                     I
O fado, nasceu num veleiro,
Nele, correu o mundo inteiro!
Teve a guitarra, por companhia,
Durante a noite, longa e fria!
                      II
Viajou, por muitos países,
E por lá, deixou raízes!
Cantado, nas tabernas e salões,
Deixou de andar, aos trambolhões!
                      III
Animou serões, da fidalguia,
Cantando a vida, e a nostalgia!
Foi cantado, pelos mais pobres,
Escutado, pelos ricos e nobres.
                       IV
Fez-se ao mar, numa caravela,
Passou muitas noites, nela.
Enfrentando, rijas tempestades,
Cantou desgraças e vaidades!
                        V
Fado, fado desta vida,
Desta vida, bem ou mal vivida!
És alma, dum nobre povo,
Cantado pelo velho, e pelo novo!
     J. Rodrigues     09/01/07
Galeano
Enviado por Galeano em 17/01/2008
Código do texto: T821625
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 83 anos
699 textos (113028 leituras)
14 áudios (2011 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/01/20 22:46)
Galeano