Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TU.

Tu,
que me observa com tanto desejo,
sabes,
que também te quero com mesmo desejo.

Tu,
que enfeitiça as flores com teu perfume,
sabes,
que com o mesmo perfume me enlouquece.

Tu,
que luar, amante de meus pecados, trás inveja,
sabes,
que este mesmo luar me confessa os teus delírios.

Tu,
que durantes teus sonhos insanos me procura,
sabes,
que também te procuro sem encontrá-la.

Tu,
que tens nos lábios o sabor da perdição,
sabes,
que por tais beijos ficaria para sempre perdido.

Tu,
que em silêncio me devotas amor,
sabes,
que no silêncio deste poema, escrevo o meu.
Tiago Macedo Pena
Enviado por Tiago Macedo Pena em 07/07/2020
Código do texto: T6999152
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Tiago Macedo Pena
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 38 anos
623 textos (17287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 14:23)
Tiago Macedo Pena