Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Paraíso

Antes de dormir, a incursão à cozinha era rotina
e outro agrado da mulher dos meus sins...
O alvo eram os biscoitos cream cracker, que Corina
lambuzava de manteiga de garrafa para mim...

Aos 14 anos, seu xodó, morar na casa da vovozinha,
foi a descoberta de um novo mundo que me desse
desde a água de cacimba, à namoradinha
até sair sozinho para onde e quando quisesse...

O Colégio Sagrado Coração, misto, no antigo curso de Admissão,
morava do outro lado da rua; o coração da vovó Barreto, no meu...
Caçar, colher mel de abelha, namorar na gruta da igreja...
Ser coroinha na missa, comer hóstia; ah! muita coisa boa aconteceu!

Banho e pescaria no rio Jaboatão... E assim o tempo parou... E só doeu
bem mais tarde, com a cartinha dizendo: a mulher dos teus sins morreu...
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 18/09/2019
Reeditado em 26/09/2019
Código do texto: T6747718
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1573 textos (38155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/07/20 08:29)
Eligio Moura