Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Paraíso

Antes de dormir, a incursão à cozinha era rotina
e outro agrado da mulher dos meus sins...
O alvo eram os biscoitos cream cracker, que Corina
lambuzava de manteiga de garrafa para mim...

Aos 14 anos, seu xodó, morar na casa da vovozinha,
foi a descoberta de um novo mundo que me desse
desde a água de cacimba, à namoradinha
até sair sozinho para onde e quando quisesse...

O Colégio Sagrado Coração, misto, no antigo curso de Admissão,
morava do outro lado da rua; o coração da vovó Barreto, no meu...
Caçar, colher mel de abelha, namorar na gruta da igreja...
Ser coroinha na missa, comer hóstia; ah! muita coisa boa aconteceu!

Banho e pescaria no rio Jaboatão... E assim o tempo parou... E só doeu
bem mais tarde, com a cartinha dizendo: a mulher dos teus sins morreu...
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 18/09/2019
Reeditado em 26/09/2019
Código do texto: T6747718
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1316 textos (30102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 16:07)
Eligio Moura