Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPOS DOLENTES

Ninguém
imagina, pois até eu mesma
estranho,

(...) o quanto
dói esta saudade, esta ausência,
____ esta falta de ti!

Tenho
chorado silente, noite e dia,
e nestes tempos,
[dolentes],

(...) é como
se tivessem roubado a minha
____ poesia!
Fernanda Xerez (Flor do Deserto)
Enviado por Fernanda Xerez (Flor do Deserto) em 07/09/2019
Reeditado em 07/09/2019
Código do texto: T6739740
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Xerez (Flor do Deserto)
Fortaleza - Ceará - Brasil
10562 textos (289109 leituras)
36 áudios (1544 audições)
23 e-livros (1523 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 15:09)
Fernanda Xerez (Flor do Deserto)