Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Explícita Saudade

Explícita saudade que aqui se aplica
Irrita os pensamentos, não justifica...
Reticências, resistência da tua grafia
Fio com poucos fios, e você  não fia?

Teço só, na terça, outubro que é rosa
Rubro coração; poeta que se aquieta
Me perco entre seus poemas e prosa
Enquanto solidão do peito, se apossa

Explica sobre o silêncio reinante, finge
Que tudo ainda pode ser como antes...
Tento descobrir o teu segredo; esfinge
Impávido, cálido, pó ético  e  pensante.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 23/10/2018
Reeditado em 23/10/2018
Código do texto: T6484136
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Meri Viero). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1389 textos (42973 leituras)
2 áudios (117 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 09:26)
Meri Viero