Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amigo Oculto

Amigo, as vezes eu me vejo contigo
Quimera, eu liberta do meu destino...
No reencontro, um abraço demorado
Tão forte, tão intenso e tão calado.

Imagino, resgatamos laços de vidas passadas,
Só assim justifico essa saudade infundada.
Quem saberia explicar essa teimosia
De buscar-te repetidamente por outras vias?

Quando desperta, a memória me revela
Essa façanha numa alegria indizível...
Então eu escrevo esses versos,
Celebrando esse elo incompreensível.

Ao amigo ausente
Claudia Machado
6/2/14

Nota: Da série "O que vi nos sonhos".
Cláudia Machado
Enviado por Cláudia Machado em 28/05/2016
Reeditado em 10/09/2016
Código do texto: T5649735
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Machado
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
727 textos (20942 leituras)
59 áudios (2789 audições)
1 e-livros (22 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 11:50)
Cláudia Machado