Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pajarito

Dicen que te escondes
como una ave en su nido,
dicen que te cubres
del miedo que te asfixia
como si a ver el mundo
hulleras de la lluvia fría,
escondiéndote en ramajes
en plena luz del día.

No te escondas, queridita,
de estos versos que te escribo,
son feos y sin gracia
con un voz afónica, imprecisa
Pero vienen para calentarte
de la lluvia que te enfría,
sacarte de estas ramas
que prenden en la nostalgia
para de allí mostrarte el mundo
en una nueva luz del dia.
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 14/10/2011
Código do texto: T3276862
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
462 textos (12189 leituras)
3 áudios (299 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 10:38)
Tiago da Silva