Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EPITÁFIO PARA LORD BYRON

Jaz uma cabeça flamejante
Viveu no vinho e na orgia
Foi um contumaz amante
Adorava prosa e poesia

O seu maior prazer consistia
Em ver as amantes em outra dimensão
Versos lúbricos nos corpos extraia
Corpos febris em total ebulição

Lábios frementes em laivos de loucura
Tantos gemidos tantos espasmos
Tecia versos com exímia desenvoltura
Versos de paixão Poemas de orgasmos

Partiu da forma que tanto queria
Na alcova um delicioso espumante
No chão esboço da derradeira poesia
Morreu feliz nos braços de uma amante

Agora o poeta jaz ali tão quieto
A morte veio nua e o seduziu
Um vulto suspirando ali por perto
Alguém sempre jura que viu!
BARBOZAMARCO
Enviado por BARBOZAMARCO em 19/06/2020
Reeditado em 03/07/2020
Código do texto: T6981761
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
BARBOZAMARCO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
833 textos (45326 leituras)
1 áudios (384 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/11/20 13:00)
BARBOZAMARCO