Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Blogueira

Esta postagem tem participação das recantistas Meri Viero e Beatriz Nahas.


A BLOGUEIRA
Miguel Carqueija

Neste mundo virtual
me sinto bem à vontade;
bloguear é bem legal
e me traz felicidade.

Se escrevo na internet
faço por necessidade;
não sou de jogar confete
e falo sempre a verdade.

Assim fico navegando,
escrevendo poesia,
conto e artigo postando,
isso me dá alegria.

É muito gratificante
como posso interagir
com um povo interessante,
construirmos um porvir...

Somos amigos na tela
mesmo sem nos conhecer,
a vida fica mais bela,
ter amigos é viver!

Você ideia não faz
do alcance que tem um blog;
se de mim quer saber mais
é muito simples, me logue!

Na redondeza da Terra
alcanço qualquer lugar;
da beira do mar à serra...
e como é bom navegar!

O que eu quero afinal
é uma corrente de amor,
me afastar de todo o mal,
ter amigos de valor!



Na nuvem vou colocar
os convites de uma flor,
florindo meu poetar,
poetando com ardor!

Que Deus me ajude a versar
neste meu computador;
falando de Lua e mar,
de alegria e de dor!

Com diário e poesia
eu sigo muito feliz,
blogueando todo dia,
é essa a vida que eu quis...

Eu não espalho ao léu
a minha privacidade;
minha vida tem um véu
o qual zelo de verdade!

E também faço questão
de nunca escandalizar;
planejo com o coração
o que eu lanço no ar!

É uma arma de dois gumes
este mundo virtual;
os dois lados têm seus cumes
no bem e também no mal!

A tela em tudo me aceita:
conto, romance, poesia;
discurso e até receita;
trova, cordel, aldravia!

Blog é um lindo exercício
que mantém alerta a mente;
pode não ser um ofício
mas é super-excelente!

Rio de Janeiro, 19 a 24 de julho de 2019.



MERI VIERO


SER BLOGUEIRA



Sete anos atrás veio como novidade..
Traços saíam do papel; outra realidade,
Com imagem a poesia criou mais vida;
Através do blog, conheci gente querida.

Que também gostava de compor ideias,
Alguns poemas meus viraram trabalhos;
De faculdade, escolares; e pelos atalhos,
Foi meu nome pelo Brasil, então, creias.

Fui mais ao sul, pro sudeste e nordeste,
Talvez pra outro país; ainda não sabia...
A facilidade de qualquer um copiar, este;
Ou aquele verso sabe-se lá onde parar ia.

Mesmo assim, valeu compartilhar poesia,
Hoje acabou Novembro Poético, e alegria;
Tem outro nome, é o Renascer Poético...
Tão novinho, mas, com antigo senso ético.


Meri Viero





Sou escritora amadora, apaixonada por poesia, escrevo desde muito cedo; em minha cidade, quando jovem, ganhei alguns prêmios com meus poemas, depois, confesso que participei, e tenho ganhado muita experiência. Através de meu blog Novembro Poético, que hoje não existe mais, tive a felicidade de ver poesias minhas, espalhadas pela internet, em especial "Chá e Poesia", a qual fez parte de um TCC da UFPR, além de trabalhos escolares da região sudeste e nordeste; há pouco tempo, comecei um novo blog, Renascer Poético:
 

https://renascerpoetico.blogspot.com/
 


BEATRIZ NAHAS


JORNADA DAS LETRAS
 
Me dê sua mão?
Confie em mim de coração...
E leia
Palavra por palavra,
Sílaba por sílaba, 
Letra por letra. 
Cada poesia
É como uma filha
Com uma específica 
característica.
Deixo um pedaço de mim
Em cada escrito que espontaneamente vibra assim
Convidando você, por um segundo,
A entrar no meu mundo
Ora alegre ora triste
Ora espiritualista ora sensual
Ora reflexivo ora social
Ora de um jeito ora de outro,
Mas muito carinho há em todos!!
Escrevo ensimesmada meus poemas!
Medito introspectiva sobre meus dilemas!
Deixo ora a emoção ora a razão me orientar
A ponto de permitir à poesia me eternizar...
Ei, Você está muito estressada(o)?
Confie! Leia a primeira palavra
Que eu te levarei a uma reflexiva jornada!



ESCRITORA DO MUNDO
 
Com uma pena e a tinta,
Escrevo algo da minha vida
Que independentemente de ser bom para alguém,
É algo pessoal que me faz bem. 

Eu escrevo para a expressão 

Do meu vivido coração
Com a emoção mais sincera
E com vontade de possibilitar uma reflexão eterna. 

Escrevo por amor
Seja algo alegre seja algo com dor
Seja alguma reflexão ou manifestação. 
Seja alguma narrativa ou filosofia de vida. 

Espontaneamente faço minha arte...
Sem escolha faço parte!
Escrevo a partir do meu mundo convidativo,

 pois é ele quem vive me pedindo...


(Pintura por Sherree Valentine Daines - Inglaterra, Effingham, Surrey) 



Relato: 
Escrever dá muita liberdade para dizer o que se sente ao mundo... qualquer coisa que seja. O blog pela internet te dá espaço para permitir que sua voz seja ouvida por várias pessoas. Na minha adolescência, eu sentia muita intolerância com as problemáticas sociais e não sabia bem me expressar... Eu sentia muitos medos, aflições e anseios e não sabia bem como lidar com isso... Era muito tímida exatamente por não saber como dizer o que pensava. A escrita me possibilitou uma maneira criativa de me ajudar já que eu poderia expressar meus pensamentos, meus medos, meus sentimentos e críticas a respeito de qualquer assunto que eu sentia necessidade e postar no blog como uma consequência do meu processo criativo. A escrita se tornou uma forma dos outros me conhecerem e especialmente de eu me conhecer melhor. O meu blog é como um diário para mim porque auxilia no meu processo de autoconhecimento. Por isso, tem uma importância enorme na minha vida. Tento deixar meu blog interessante tanto para mim quanto para o leitor leigo poder entender o que digo e talvez se identificar, mas o que mais importa, é a reflexão e o sentimento para que a vida não seja passada em vão...
 
Beatriz Nahas



 Olá! Meu nome é Beatriz Nahas. Nahas se pronuncia "Narrás". De qualquer forma, vocês podem me chamar de Bia. Eu escrevo poemas desde os meus 15 anos mais ou menos. Tenho 22 agora. Então, há muito tempo descobri esse passatempo favorito meu e continuei até agora porque é uma ótima forma de expressão, diversão e de autoconhecimento. Eu amo escrever! Escrevo sobre assuntos diversos. Cada texto é muito especial para mim porque todos revelam meus sentimentos e pensamentos. Obrigada ao site pela oportunidade de expor aqui meus poemas e aos leitores pela leitura e comentários! Tenho um blog individual de poemas:http://rumoaminhamente.blogspot.com/ Sintam-se a vontade para visitá-lo! Um abraço repleto de paz a vocês. Da Bia Nahas
 
 
Imagens: moça no laptop, dreamstime; moça na escrivanina, pixabay. Foto de Meri Viero gentilmente cedida por Meri Viero. Imagem de letras, desenho da menina lendo e fotografia de Beatriz Nahas, gentilmente cedidas por Beatriz Nahas.
 


 
Miguel Carqueija, Meri Viero e Beatriz Nahas
Enviado por Miguel Carqueija em 20/08/2019
Reeditado em 21/08/2019
Código do texto: T6725071
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
2926 textos (176845 leituras)
55 e-livros (4955 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 23:37)
Miguel Carqueija