Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O FINO DA BOSSA

Juazeiro da Bahia
Terra de agricultor
que planta o que come
e que semeia o amor.

Alí nasce João
Não um João qualquer
Mas o João Gilberto
Que teve seus caminhos abertos

Aberto com o som do violão
Que baixinho  soava
Abrindo almas e coração
Encantando multidão.

Cresceu como um menino do interior
Sem eira nem beira
Mas se tornou um homem
Que aqueceu o coração de uma nação inteira.

Seu violão foi o arado
Na mão desse agricultor
Que a bossa nova semeou
nascendo um samba inovador.

Não há no mundo alguém
Que não se comova com sua canção
Poque  toca na alma
O som que sai do seu violão.

Falar de João é falar de emoção
Porque a sua canção, sussurrada
Nos faz caminhar na alma
E se aconchegar no coração.

Chega de saudade!
Homem que deixou um legado
A Bossa Nova é nossa
Do João ela foi herdada.

Um dia falaremos de outros
Mas os outros só são o que são
Prque um dia ouviram a canção
Deste homem de voz macia que se chama João.

Os seus sucessores
Só terão sucesso
Porque aprenderam com o João
que é preciso encantar
A alma e o coração.


06/07/2019
O gênio será sempre eterno, porque sua obra o eternizará.

Adélia Chaga
Enviado por Adélia Chaga em 17/07/2019
Reeditado em 17/07/2019
Código do texto: T6697859
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Adélia Chaga
São Paulo - São Paulo - Brasil
25 textos (691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/19 16:43)