Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FLOR DE CABEDELO

Certo dia, eu encontrei uma flor
Mas não uma flor qualquer
Isso não era mesmo...
Era uma flor das mais encantadoras
Daquelas que enternecem o dia
E com graça e candura, nos alegra a vida

Certo dia, eu encontrei uma flor
Ela era única em formosura
Diferente de todas que já tinha conhecido
E numa troca de afagos fraternos
Tornamo-nos verdadeiros amigos
E freqüente regamos a nossa amizade

A flor era meiga e delicada,
Embora como todas as flores
Rodeada com seus espinhos
Afinal, mesmo uma flor precisa se defender
Era perfeita com seu jeito e seus defeitos
E o mais impressionante é que exalava poesia
Tudo aquilo era muito lindo

Ainda hoje, agradeço Deus
A benção de tê-la conhecido
De ter como amiga uma linda flor
A flor de Cabedelo

Certo dia, eu encontrei uma flor
Já faz até algum tempinho
Foi muito maravilhoso
E apesar de estar me referindo ao passado
Até hoje compartilhamos carinho
E sou bastante feliz
Sou amigo de uma flor
A flor de Cabedelo



*À amiga e poetisa Cabedelense Fátima Peixoto
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Enviado por A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc) em 01/10/2011
Reeditado em 04/10/2011
Código do texto: T3251897
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Salvador - Bahia - Brasil
249 textos (39632 leituras)
11 áudios (1396 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 03:20)
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)