Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUA AZUL



Agora eu sei!
São os teus belos olhos...
Eis a razão pela qual se chamastes Lua Azul
Agora sim eu compreendo
Teus olhos te denominam.
Parece bastante justo
Agora sim compreendo.

Teus olhos? Ah, teus olhos...
Luzidios como a própria safira
Cativantes como o mar azul
Únicos em beleza e formosura
Olhos azuis que fascinam
Olhos que te denominam

Eu sempre tentei compreender
A esfíngica origem de tal nome
De fato...
Indaguei-me por meses a fio
Procurei a explicação mais plausível
Mas confesso
Eu até pensei em desistir.

Oras! Se eu nem te conhecia
Como poderia saber?
Se eu sequer vira os teus olhos
Antes de te conhecer
Se tudo que eu sabia era lenda
E as lendas beiram à utopia...

Ahhh!
Lua azul!
Lua azul!
Lua azul!
Não me canso de chamar o teu nome
Eu um reles e simplório poeta
E tu uma rútila paisagem

Ah, lua azul!
Lua que adorna a tua face
Ou melhor... Luas!
Luas azuis e brilhantes
Que bem sabem que a verdadeira Lua Azul
És tu...
Joyce Lima Krischke



*Homenagem à poetisa Joyce Krischke(Lua Azul)
*Agradecimentos: Ewerton Matos
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Enviado por A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc) em 29/06/2011
Reeditado em 12/05/2012
Código do texto: T3064503
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
LUA AZUL - A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)

Comentários

Sobre o autor
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Salvador - Bahia - Brasil
249 textos (39614 leituras)
11 áudios (1396 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 18:44)
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)