Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do Amor Perdido

A m'alma é um mar em tormenta
Cor rubra que tinge a alvorada
Minha sede, do mar se alimenta
A fome é procurar você m'amada

Cai do céu gotas de puro sangue
Vermelho fogo uma dor imensa
Lavem meu corpo caído e exangue
Pelo motivo que você pensa

Na cova escura chamo teu nome
M’peito arde pela dor que o consome
Caem do céu flores do abandono

Mas chora meu poetar insone
Já não sofro pela dor da fome
Pois a perdi na escuridão do outono
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 26/02/2021
Reeditado em 06/03/2021
Código do texto: T7193773
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
721 textos (31048 leituras)
310 áudios (8492 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/21 20:02)
alexandre montalvan