Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto dos Meus Segredos

Flutuam sobre o mar tantas nuvens indecisas
Na brisa de vagas memorias e desejos
É dia do mundo, e eu inundo nele segredos
Meus medos fazem-me molhar minha camisa

Vivo a morte, pois ela me trai e harmoniza
Contida esta no ar que respiro e não concebo
É toda a verdade que você sempre enfatiza
Eu digo se há dor comigo eu nunca percebo

Meus olhos sopesam esta vida que passa
É tanta tragédia exposta que eu até acho graça
Ao que é divino eu peço proteja a mim

Os meus olhos estreitam a procurar rastros
Justo eu que sempre me espelhei em tantos astros
E o que vejo é um tostado e seco jardim
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 22/02/2021
Código do texto: T7190552
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
721 textos (31048 leituras)
310 áudios (8492 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/21 21:28)
alexandre montalvan