Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Detalhes

E parece que a vida mudou
e as coisas voltaram a ser
o que eu costumava gostar.

Desde que te conheci
perdi a velha noção
de que a vida estava inerte.

Veio, bateu na minha porta
e ficou sem eu pedir, sem querer
conquistou o melhor de mim.

Essa sensação, esse sonho bom
tomou meu corpo de um jeito
que eu nunca experimentei.

O gosto da boca, o cheiro do abraço,
a suavidade da tua voz,
essa malícia sutil que me atrai.

Eu poderia escrever mil versos
e nunca iria descrever a cor,
o cheiro, o sabor que me deu.

Então deixo você me transpassar,
me inunda com o teu sabor,
deixo o nosso amor me levar
por onde eu sempre quis ir.
Pequeno moço
Enviado por Pequeno moço em 12/02/2021
Código do texto: T7183026
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Pequeno moço
Sobral - Ceará - Brasil, 21 anos
412 textos (6674 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/21 19:04)