Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA QUE SAIBAS

PARA QUE SAIBAS

Meu silêncio  se preenche de memórias
Lembranças que o tempo não consome
São vestígios indeléveis
Em gravura rupestre no coração seu nome

Meu silêncio...minha fuga heróica para o eu
Marcas que cutuo na solidão da alcova fria
Teu rosto presença invisível no constante breu
Exercício diário de viver...renascer a cada dia

Silêncios.... sons tão nossos que ainda repleto
Pretérito n'alma  sons em mim atemporais
O quarto....sua presenca,  teu cheiro....tanto afeto
Sons de nossos gemidos traduzindo doces ais

Não conto a mais ninguém e nem confidencio
Meu olhar olha o passado  que em mim ficou
Vivo de lembranças....sons....seu nome balbucio
Saibas que o meu coração está como deixou.








BARBOZAMARCO
Enviado por BARBOZAMARCO em 10/03/2020
Código do texto: T6884500
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
BARBOZAMARCO
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
833 textos (45331 leituras)
1 áudios (385 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/12/20 02:58)
BARBOZAMARCO