Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canto do Coração

Acalma minha alma envenenada, mal regada e febril
Das dores de amores e infinitas noites mal dormidas
Acolhe minha alma desregrada solitária doce e gentil
O encanto das paixões devastadoras e adormecidas

Vaga no peito, enlouquecendo o amargo sonho hostil
Transitando nas veias o desejo daquele beijo querida
Vasto lamento da mais pura bondade delicada e pueril
Enlace de úmidos lábios encarnados meu sopro de vida

Um canto Lá no canto do coração ecoa brando e sutil
Nas veias o desejo lateja regando aquela dor sentida
Lembranças navegam no dia solitário de amor infantil
Lacrimejam o olhar e de norte ao sul não vê guarida

A  pele que transpira o calor do mais puro amor juvenil
O coração pulsa de prazer vagando no sabor da bondade
Doce sensação que invade meu sonho de desejo senil
Aquela paixão que me deixou louco e me traz saudade.






Edilson Barro Preto
Enviado por Edilson Barro Preto em 02/12/2019
Código do texto: T6809475
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilson Barro Preto
Guarulhos - São Paulo - Brasil
1018 textos (29599 leituras)
15 áudios (668 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 10:46)
Edilson Barro Preto