Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Odisseia MCMLXXXI


Envolvido pelas sórdidas névoas do Amor
Nosso herói brandia sua espada com grande fervor
Lutando contra as intempéries da Vida
Parecia enfim encontrado uma saída
Um refúgio espiritual para uma mente ensandecida

Valendo-se de sua astúcia e de toda sua arte
Nosso herói conseguira vencer o árduo combate
Ser alguém feliz nesta utópica Sociedade
Dias de glória estariam por vir
O nobre guerreiro voltaria a sempre sorrir

Dentre tantas derrotas, comemorando uma grande Vitória
O nobre herói estava no auge de sua Glória
Fora extirpada de seu corpo sua alma sombria
Parecia que o infante Destino enfim lhe sorria
Quantos verões o guerreiro viveu em Agonia?

Porém, no meio de tanta euforia e gargalhar
A sua consciência acendeu, em um lento despertar
Teria tudo aquilo sido um teatro, uma alegoria, algo a se pensar?
“Vivendo uma peça, shakespeariana uma tragicomédia, estaria eu”?
E assim, mais uma vez, a senhora Sorte levantava seu véu

O valente herói acordara para a triste realidade
Descobrira que o Amor é uma torrente de Tempestades
Mais difícil de entender do que como opera a Eternidade
“No meio de tantas derrotas, uma pequena Vitória”, assim ele pensara
Nobres senhores, que terrível Destino o aguardara

© By Urban Tinker & L.M. (:(
Urban Tinker
Enviado por Urban Tinker em 12/11/2019
Código do texto: T6793529
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Urban Tinker
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 38 anos
24 textos (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 16:29)