Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOM DO AMOR

Muitos buscam ser, pra sempre, amados,
Vivem sozinhos, tristes, amargurados,
A sofrer.
Não encontram, na vida, a companhia
Que os faça sentir a alegria
De viver.
Experimentam, no fundo, grande dor,
Não conhecem o que seja o dom do amor,
 
Perdem-se, enfim, na procura incessante
De uma alma gêmea, a verdadeira amante
Sem par.
Que com eles esteja, a cada momento
E não lhes saia, jamais, do pensamento,
Nem sonhar.
A esperança que ao seu viver dá cor
É encontrar em alguém o dom do amor.
 
A existência desses tão pobres viventes
É permeada de sonhos, com ardentes
Paixões.
Querem, somente, amar e ser amados,
Realizar os desejos de amor, acalentados -
- Nos corações.
Não se conformam em, do nascer do sol ao pôr,
Viver a busca sem fim do dom do amor.
 
E, qual tolos, procuram explicar
As razões que envolvem o amar,
Os modos...
Pelos quais se chegue à plenitude
Do sentimento que, neles, tudo mude,
Em todos
Os dias de um futuro promissor,
Em que hão de descobrir o dom do amor.
 
Não vêem que é tudo inútil, vão,
Que não se explicam as razões do coração
Porque
Não sabemos se tais razões existem,
Pobres daqueles qu'em vê-las, insistem -
- Eis que
Já nasce o dom do amor conosco, à prima hora
E não seria um dom, se assim não fora.

Bom dia, amigos.

Agradecendo a Deus por mais este dia de vida que Ele nos concede, desejo a todos um dia de plena paz e pura poesia. Bem-vindos à NOSSA página, que tenho o prazer e a honra de compartilhar.
Mario Roberto Guimarães
Enviado por Mario Roberto Guimarães em 13/08/2019
Código do texto: T6719008
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Roberto Guimarães
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
2033 textos (242396 leituras)
5 áudios (761 audições)
1 e-livros (673 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 23:42)
Mario Roberto Guimarães