Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu nome

Nessa poesia cabe o amor que longe voa
A solidão e a saudade, coração não doa...
Deixa a rima falar de alegria, de coisa boa
Do tempo que vai passando, amor ressoa

Em cada rima singela  desenho teu nome
Lê como se não lhe pertencesse, some...
O teu ao meu, e terá o amor, então o tome
Façamos um brinde, beber e matar a fome

Ao gosto de um agosto invernal; as flores
Estarão nos esperando cheias de cores...
Pois, nesse poema, amor, não cabe dores
Cabe versos, perfumes, bombons, licores.

Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 01/08/2019
Código do texto: T6710246
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1464 textos (45848 leituras)
2 áudios (149 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/07/20 09:55)
Meri Viero