Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anarquia

Nas águas cristalinas do riacho
eu vi a vida
que me olhava em torvelinhos
de espumas borbulhantes
havia em seu olhar uma tristeza
tão sentida
e toda a dor do mundo carregada
em seu semblante.

Mas canta este riacho uma toada
de ironia
envolto em nuvens densas de orneada
hipocrisia
explodem versos toscos como em uma
poesia
são falsas divindades naufragando
em agonia.

Admirável mundo de astros e estrelas
todos as veneram de joelhos para vê-las
no céu e no riacho obscuras estas figuras
na terra configura a mais perpetua ditadura .

Riacho de águas cristalinas e mansas
que se oprimem nos espectro do horror
margeados da incompreensão e avareza humana
e que escritas de maneira insana
pelas delicadas mãos do escritor.
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 14/07/2019
Código do texto: T6695498
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
643 textos (29309 leituras)
282 áudios (7709 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 09:00)
alexandre montalvan