Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEUS SENTIDOS

Meus sentidos sempre despertos,
desde sua chegada a minha vida,
esperam a chuva dos estímulos, sim, que
sabem vendrá de você, por eles percibida como
a fonte encantadora, incentivo de suas funções
para me dar vida e múltiples prazeres.

Prazeres humanos e divinos que são
o fundamento da dependência irremediável
com que vivem os meus sentidos,
porque de seu corpo e as virtudes que o configuram
desprendem-se cheiros, como calor, sabor, belleza e
  aullidos dos quais comem, se alimentam e crescem.

Eles sabem, como eu, que ao não poder desfrutar
de toda você haverá acabado tudo e a morte sobrevirá.
Angelyto
Enviado por Angelyto em 21/03/2019
Código do texto: T6603821
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Angelyto
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 59 anos
191 textos (2636 leituras)
11 áudios (153 audições)
10 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 09:50)
Angelyto