Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANANCIAL

Deságuas em cálidas roseiras
Ascendes à loucura profunda
Elevando à magnitude superior
A paixão embriagadora.
À tarde, concedes
Em nada resulta
À noite, nem a exaustão.
Desfazem-se ardentes sonhos
Não mais distantes
Inexplicáveis na tua construção
Proibidos na tua postura.
Espaços ausentes que anunciam chegada
Contornos uniformes que reclamam elevação
Profundeza consistente de raio,
Irradiam mananciais de prazer.
Angelyto
Enviado por Angelyto em 31/10/2018
Reeditado em 21/11/2018
Código do texto: T6491246
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Angelyto
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 59 anos
194 textos (2852 leituras)
11 áudios (154 audições)
10 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 15:52)
Angelyto