Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia Morta

 Por que velas esta poesia morta?
Escrita com gotas de sangue
porque se esta alma
já não comporta
mas nunca se importa
o tanto que esta dor a constrange.

Fez do caos transformador, poesia,
com suas frias palavras marcadas
a ironia que não serve para nada
entre os entornos de pura agonia

Neste furor insano que nos cala.
Por que velas este cadáver na noite?
e esta poesia que me engole a fala
ceifada em sua carne por afiada foice

Então diga a esta criança que fique e
não se assuste, quando a luz se apagar,
quando o sol aparecer no horizonte,
com certeza novo dia ira brilhar.

Queridos amigos e poetas com esta poesia eu fiz um vídeo que postei no youtube fiz com mto carinho se puder faça-me uma visita vou ficar mto feliz,
http://www.youtube.com/user/processolento
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 09/04/2018
Reeditado em 08/05/2018
Código do texto: T6303827
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Poesia Morta - alexandre montalvan

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
686 textos (30492 leituras)
301 áudios (8306 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 14:13)
alexandre montalvan